Goiânia, Domingo, 17 de junho de 2018
11184855 Visitas
Notícias UGOPOCI

07/06/2018 - 7º Curso de Inteligência de Segurança Pública

Integrar força e conhecimento no combate à criminalide e qualificar ainda mais as forças policiais. Estes são os principais objetivos do 7º Curso de Inteligência de Segurança Pública (CISP), aberto oficialmente nesta quarta-feira (06/06). “Estamos investindo cada vez mais em aperfeiçoamento”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Júnior.

A capacitação terá duração de quatro semanas e carga de 200 horas/aula. No decorrer do curso, estão previstas disciplinas voltadas a cinco módulos: Fundamentos Doutrinários; Contrainteligência; Produção de Conhecimento; Operações e Inteligência, e Visitas Técnicas. Também estão previstas atividades doutrinárias e práticas, além de visitas técnicas, como na Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e no Exército Brasileiro.

De acordo com o superintendente de Inteligência Integrada da SSP, delegado Danilo Fabiano Carvalho, a programação é fundamental para aumentar a eficiência das atividades de inteligência. “Nosso foco é unir forças e conhecimentos para combatermos o crime organizado com estratégias cada vez mais avançadas”, explicou.

A palestra inicial foi ministrada pelo delegado Renato Topan, que é membro do Centro Integrado de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Entre outras questões, ele destacou a importância dos eixos de atuação do serviço de inteligência. Citou focos, como organizações criminosas, roubos e furtos, tráfico de drogas, corrupção e tráfico de armas.

Participam do curso 52 profissionais de 22 instituições: Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Superintendência de Polícia Ténico-Científica (SPTC), Diretoria Geral de Administração Penitenciária, Procon, Instituto de Identificação, Secretaria da Casa Militar, Polícia Federal, Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Ministério Público do Estado de Goiás, Polícia Rodoviária Federal, Tribunal Regional do Trabalho, Exército Brasileiro, Petrobrás, além de servidores do Acre, Amazonas, Maranhão, Amapá e Ceará.

Referência nacional

Em 2017, o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Segurança Pública, criou o Sistema de Inteligência de Segurança Pública (SISP-GO), que tem como grande diferencial a inclusão de todas as forças de segurança e, também, a criação de um subsistema específico para efetivar parcerias e cooperação com outras instituições para a produção de informações de maior qualidade.

Com esse formato e essa abrangência, a Agência Central de Inteligência do Estado de Goiás foi pioneira no Brasil. Os demais Estados, até então, possuiam serviços de inteligência, mas que atuavam de forma isolada ou não contemplavam todas as vertentes da área de segurança.

FOTO: ANDRÉ COSTA

Comunicação Setorial

Secretaria de Segurança Pública