Goiânia, Segunda-feira, 16 de julho de 2018
11279919 Visitas
Notícias UGOPOCI

16/04/2018 - Homicidio

Durante a primeira quinzena de Abril, a Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) cumpriu três mandados de prisão em desfavor de investigados por um homicídio ocorrido em uma distribuidora de bebidas no Setor Novo Horizonte em junho do ano passado. Bruno Henrique Teixeira dos Santos, 27 ANOS, por alcunha “Magrelo”; Fabian Carvalho Cunha, 27 ANOS, vulgo “Macarrão” e Murilo Martins Bittencourt, 30 ANOS, apelidado de “Índio” são suspeitos de terem assassinado André Rodrigues de Sousa, 44 anos. O crime teria sido praticado com a participação de Ângelo Castro Arruda e Gernilson Alves dos Santos, por alcunha “Baiano”, 22 anos, que está foragido.

De acordo com o que foi apurado, a vítima foi agredida fisicamente pelos cinco indivíduos. Encaminhada ao hospital, não resistiu aos ferimentos e faleceu no mesmo dia. Os investigadores tiveram acesso a imagens de câmera de videomonitoramento do estabelecimento comercial, que evidenciaram a dinâmica do crime.

Foi possível constatar que, por volta de 04h30, André parou sua motocicleta em frente à distribuidora de bebidas, já fechada, e iniciou conversa com Ângelo e Fabian, ambos conhecidos traficantes de drogas do setor. Logo em seguida, chegou ao local Murilo, também traficante de entorpecentes na região, que foi quem iniciou as agressões. Bruno e Gernilson também foram identificados na cena do crime e participaram ativamente do homicídio. Junto a Fabian e Ângelo, proferiram socos, chutes e diversos golpes com um capacete contra a cabeça da vítima. André teve uma perfuração na região do pescoço, provocada por um fragmento de uma garrafa de vidro quebrada.

Bruno, Fabian e Murilo confessaram o crime. Eles relataram que André era usuário de entorpecentes e consumiu uma porção de drogas pertencente a Fabian sem o conhecimento deste no dia do crime. Esse fato foi o motivo da prática do delito. O suspeito Ângelo foi assassinado em janeiro deste ano. A investigação desse homicídio está em andamento.

Fonte: