Goiânia, Domingo, 22 de janeiro de 2017
9741324 Visitas
Notícias UGOPOCI

10/01/2017 - BALANÇO É POSITIVO

Goiânia - O Estado de Goiás ultrapassou as metas nacionais em segurança pública. A afirmação é do vice-governador e titular da Secretaria de Segurança Pública a Administração Penitenciária (SSPAP) , José Eliton. A declaração foi feita, nesta segunda-feira (9/1), em Goiânia, em reunião com integrantes das forças policiais goianas. 

Na ocasião, foram avaliados os resultados das ações de combate à criminalidade executadas no ano passado. Destaque para a redução da taxa de homicídios por 100 mil habitantes. Em 2015, o número era de 41,94. Já em 2016, Goiás conseguiu fechar com taxa de 37,61, uma redução de 10,34%. 

O Estado, afirmou José Eliton, partiu para o enfrentamento com a criminalidade e a atuação das mais diversas forças policiais tem sido fundamental neste sentido. “Nossas policiais possuem um planejamento estratégico extremamente eficaz”, destacou. O vice-governador também ressaltou que as metas de Goiás estão à frente das contidas no Plano Nacional de Segurança Pública lançado semana passada pelo ministro da Justiça, ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes. 

Na reunião desta segunda-feira, também foram discutidos projetos estruturantes e metas para 2017 para as Áres Integradas de Segurança Pública (Aisps). Entre elas, redução de 8% no número de homicídios, latrocínios, estupros e roubos a veículos, comércio, residências e transeunte, além do aumento de 10% no número de armas apreendidas, foragidos recapturados, veículos recuperados, presos em flagrante e inquéritos concluídos com autoria. 

José Eliton parabenizou o desempenho de equipes que atingiram as metas de suas áreas de atuação. “Goiás tem obtido excelentes resultados na batalha contra o crime. Plantamos diversas sementes e, agora, estamos colhendo os frutos, que são as quedas significativas dos indicadores criminais”, afirmou. 

Outro aspecto abordado foi a zona de monitoramento da violência, formada por 10 municípios. Deles, passam a fazer parte as cidades de Alexânia e Goianésia, que estavam entre os 20 mais violentos e melhoraram muito seus indicadores. Mesmo fator fez com que Quirinópolis saísse dos dois grupos, tão positivos os resultados obtidos, motivo de elogios aos três. 

Participaram da reunião o superintendente executivo da SSPAP, coronel Edson Costa; o superintendente executivo de Administração Penitenciária, coronel Victor Dragalzew; o superintendente de Ações e Operações Integradas, Emmanuel Henrique Balduíno; o delegado geral da Polícia Civil, Álvaro Cássio; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Divino Alves; a superintende de Polícia Técnico-Científica, Rejane Barcelos; e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Carlos Helbingen Júnior. 

Reconhecimento 

Na reunião, também foram entregues certificados de elogio aos responsáveis pelas Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisps) que cumpriram ou superaram suas metas em 2016. Titular da 15ª Delegacia Regional da Polícia Civil, com sede em Goianésia, delegado Marco Antônio Maia explica que as metas da regional foram cumpridas graças ao trabalho integrado das forças policiais e aos investimentos em inteligência. “Foi um trabalho conjunto”, ressaltou.

Para o tenente-coronel Alan Alves Araújo, do 23º Batalhão da Polícia Militar de Goianésia, outro fator importante foi o aumento do número de policiais nas ruas. “A presença ostensiva da polícia – aliada ao trabalho investigativo – são fatores cruciais para que nossos resultados sejam positivos”, declarou. 

A delegada Renata Machado Brandimarte representou o delegado que coordena a 15ª DP e a Aisp Oeste na entrega dos certificados. Segundo ela, os bons resultados servem como estímulo. “É a certeza de que, enquanto agentes de segurança pública, estamos no caminho certo”. Fonte: Sítio aredacao.com.br